Ultimas atividades do Clube de Astronomia.

Após alguns dias de trabalho e pesquisa sobre a montagem do telescópio artesanal do Clube de Astronomia do CTA, está quase no fim o processo de restauração e reativação do equipamento. Visto que melhorará e muito as observações abertas ao público, pelo fato de passarmos a ter dois telescópios em funcionamento, o Clube de Astronomia pretende tornar cada vez mais numerosas suas palestras e observações. Algumas fotos do trabalho de fixação e limpeza do espelho principal estão logo abaixo. Também foi enviado à bancada de avaliação do V SIEPE (Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão) um resumo dos trabalhos realizados pelo Clube de Astronomia neste ano. Será apresentada uma palestra com o assunto “A tecnologia e Engenharia na construção de telescópios”, que será aberta ao público docente e discente da UNIPAMPA. A data, local e hora serão confirmadas o mais breve possível.

Observação à Lua.

Na noite do dia 15 de agosto deste ano, o Clube de Astronomia do Centro de Tecnologia de Alegrete, recebeu alunos do ensino médio da EEEB Lauro Dornelles para uma palestra e observação da Lua. Aproximadamente 40 alunos compareceram ao evento e puderam ampliar seus conhecimentos astronômicos, com ênfase em assuntos ligados à Lua. Uma breve palestra foi ministrada pelo acadêmico de Engenharia Mecânica Marcelo Snovarski Fonseca, junto do coordenador do projeto, o Prof. Dr. Alessandro Girardi.

A palestra foi dividia em uma sequência de tópicos, abordando dados técnicos, hipóteses da origem da Lua, explicações sobre eclipses solares e lunares, e algumas missões do homem na Lua. Também foi apresentado um experimento explicando como é o comportamento orbital da Lua e sua troca de fases. Foram exibidos vídeos com animações para um melhor compreendimento do assunto. No final da palestra, os alunos puderam realizar perguntas e sanar dúvidas referentes ao assunto.  Após as explicações teóricas da palestra, os alunos foram encaminhados ao pátio da instituição para que pudessem observar com o telescópio a Lua e Saturno. Fica o agradecimento à pedagoga Rogéria Guttier, do Núcleo de Desenvolvimento Educacional, que realizou o convite à escola Lauro Dornelles.

 

Recomeço dos trabalhos do Clube de Astronomia da UNIPAMPA

Em abril deste ano o Projeto de Astronomia do Centro de Tecnologia de
Alegrete retomou os trabalhos. Baseando-se em um projeto de divulgação
científica, O Clube de Astronomia tem como foco abrir as portas da
universidade para que a população e alunos tenham um contato mais
próximo com a ciência e assuntos afins. Com a coordenação do Prof. Dr.
Alessandro Girardi e da Profª. Me. Patrícia Rodrigues, o projeto
tentará ao máximo acompanhar os acontecimentos de maior importância do
calendário astronômico de 2013. O acadêmico de Eng. Mecânica Marcelo
Belchior Snovarski Fonseca é responsável pelo projeto e fará o possível
para atender alunos e visitantes em observações e palestras sobre
astronomia. Para agendar observações e/ou dar sugestões, o e-mail
marcelosnovarski@gmail.com é disponibilizado para este fim.
Devido ao fator clima, nem todas as observações agendadas poderão ser
cumpridas. Entretanto, dentro do possível, todas aquelas que não forem
realizadas serão reagendadas.

O Projeto Eratóstenes na América

No dia 21 de junho de 2010, quando ocorre o solstício de junho, onde no hemisfério norte começa o verão e no hemisfério sul o inverno, aconteceu o evento O PROJETO ERATÓSTENES NA AMÉRICA, uma proposta do Departamento de Física da Faculdade de Ciências Exatas e Naturais da Universidade de Buenos Aires, do Laboratório Pierre Auger, Universidade Tecnológica  Nacional, Regional Mendoza e da Associação Física Argentina.

Este projeto foi baseado no método de medição que Eratóstenes utilizou há 2200 anos atrás.  Eratóstenes vivia em Alexandria e sabia que em um determinado dia do ano, exatamente ao meio dia, em Syene (atualmente Assuã), uma cidade localizada a uma distância considerável de Alexandria, ao sul, a luz do Sol entrava de forma totalmente vertical dentro de um poço profundo. Esta observação significava que o Sol se encontrava exatamente a pino sobre a cidade de Syene (ou Siena). Eratóstenes sabia, também, que neste mesmo dia, isto não acontecia em Alexandria, concluindo que a Terra não seria plana, mas sim redonda.

Através se um simples cálculo trigonométrico Eratóstenes conseguiu encontrar um valor muito próximo do verdadeiro raio da Terra, que é 6378,14Km. Sabendo o ângulo que formava os raios de sol com a vértice de uma determinada torre em Alexandria, o mesmo ângulo coincidiria com o que forma o arco de circunferência que unia as cidades de Siena e Alexandria.

NO Projeto Eratóstenes Na América, os participantes tiveram que calcular o raio do planeta desta mesma forma. Nós da Universidade Federal do Pampa fizemos as medições nos dias 21 e 22 de junho de 2010 com outras duas instituições: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho em São José do Rio Preto – São Paulo e a EEM Villa San Lorenzo – Buenos Aires.

Abaixo você encontra os resultados que obtivemos através das medições.

Resultados obtidos com a UNESP:

•Ângulo UNESP: 44,0290

•Ângulo UNIPAMPA: 53,2023

•Diferença ângulos: 9,1733

•Distância: 997,02 Km

•Raio = 6227,2667 Km

•Erro=|6378,1400-6227,2667|=150,8733 Km

Resultados obtidos com a Villa San Lorenzo:

•Ângulo Villa San Lorenzo: 58° 24’ 47”

•Ângulo UNIPAMPA: 53° 33’ 47”

•Diferença ângulos O: 4,85

•Distância: 524.45 Km

•Raio = 6195.65 Km

•Erro=|6378,1400-6195.65|= 182.49Km

Eventos astronômicos no ano de 2010


  • Eventos já ocorridos:

15 de Janeiro – Eclipse anular do sol, visivel da Africa e parte da Asia

26 de Janeiro – Mercúrio em máxima elongação ocidental

29 de Janeiro – Marte em oposição

18 de Fevereiro – Vesta em oposição

21 de Março – Saturno em oposição

8 de Abril – Mercúrio em máxima elongação oriental

22 de Abril – Pico da chuva de meteoros Liridas

  • Eventos do mês de Maio:

5  – Quarta-feira:
Chuva de meteoros Eta-Aquarídeas (máx)

6 – Quinta-feira :

04:15h – Lua em Quarto Minguante

21:54h – Lua no Apogeu, distância de  404230 km da Terra

Chuva de Meteoros Librídeas

14 – Sexta-feira :

01:04h – Lua Nova

20 – Quinta-feira :

23:43h – Lua em Quarto Crescente

08:40h – Lua no Pirigeu, distância de 369728 km da Terra

27 – Quinta-feira:

23:07h – Lua Cheia

  • Eventos futuros:

18 de Junho – Ceres em oposição

25 de Junho – Plutão em oposição

26 de Junho – Eclipse parcial lunar. Primeiro eclipse do ano, ocorrendo com a Lua sitiada a 3 Sagitário. Visível no Oceano Pacífico, América do Norte e parte ocidental da América do Sul, Austrália e parte oriental da Ásia. Grande parto do Brasil, incluindo Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo. Regiões mais ao sul, terão o eclipse iniciado com o ocaso da Lua.

11 de Julho – Eclipse solar total. Não será visível no Brasil. A faixa de totalidade atravessa o oceano Pacífico terminando no sudeste do Chile e Argentina

12 de Agosto – Chuva de meteoros Perseidas

19 de Agosto – Vênus em máxima elongação ocidental

20 de Agosto – Netuno em oposição

19 de Setembro – Mercúrio em máxima elongação oriental

21 de Setembro – Júpiter e Urano em oposição

23 de Setembro – Vênus atinge seu máximo brilho (noite)

4 de Dezembro – Vênus atinge seu máximo brilho (manhã)

14 de Dezembro – Chuva de meteoros Geminidas

21 de Dezembro – Eclipse total lunar. As fases umbrais serão visíveis do Brasil com a Lua em ocaso

Noites Galileanas: visualizando o céu de Galileu

O Clube de Astronomia da UNIPAMPA recebeu um bom público neste último dia 23 de outubro no evento comemorativo dos 400 anos da construção do primeiro telescópio por Galileu Galilei. As chamadas Noites Galileanas, realizadas no mundo inteiro nesta semana, tem como objetivo a divulgação e popularização da astronomia, permitindo um contato direto dos interessados com equipamentos e material informativo sobre este assunto, além de proporcionar uma visualização do céu tal qual fez Galileu há 400 anos. Em Alegrete foi organizado um espaço ao ar livre no campus da UNIPAMPA para a observação do céu e para a visualização do documentário “Constelações”.  Nesta oportunidade foi possível estreiar o novo telescópio do Clube de Astronomia, adquirido com recursos de projeto de pesquisa via CNPq.

A bela noite de 23 de outubro ajudou bastante para o sucesso do evento. O céu estava limpo e a temperatura agradável. Entre os astros observados, destaca-se Júpiter e suas luas Io, Europa, Calisto e Ganimedes.

A sessão de observação iniciou às 21:00h e terminou por volta das 23:00h, horário brasileiro de verão.

Clube de Astronomia da UNIPAMPA adquire novo telescópio

Através de recursos de projeto de pesquisa financiado pelo CNPq, o Clube de Astronomia da UNIPAMPA adquiriu novos equipamentos para melhorar e ampliar ainda mais suas atividades.

A grande aquisição foi um telescópio refrator 150mm com tripé em montagem equatorial. Além do telescópio, foi adquirido também uma câmera CCD para fotografia de planetas, motor para a montagem equatorial do telescópio, filtro para observação solar, filtro para observação lunar, uma lente barlow e uma ocular de 15mm com campo de visão grande.

Abaixo algumas fotos da primeira montagem do novo equipamento pelos acadêmicos Ezio Rohan, Breno Barrera e Humberto Hagemann,  bolsistas do Clube de Astronomia.

Noites Galileanas no Clube de Astronomia

noites_galileanas_logo

Em 22, 23 e 24 de Outubro de 2009, estarão sendo comemoradas internacionalmente as Noites Galileanas (NG), mais um evento global do Ano Internacional da Astronomia. Este programa visa oferecer ao público de todo o mundo a oportunidade de observar os mesmos corpos celestes vistos em 1609 por Galileu através de sua luneta e descritos em 1610 em sua obra pioneira, “O Mensageiro das Estrelas” (Sidereus Nuncius).

Em especial, o programa se concentrará na observação da Lua e do planeta Júpiter e seus quatro satélites principais; porém outros objetos descritos por Galileu em 1610, como as Plêiades e a Nebulosa de Orion (M42), poderão também ser visualizados.

O Clube de Astronomia da UNIPAMPA promoverá uma série de atividades para comemorar as Noites Galileanas. Fique de olho no site que em breve será divulgada a programação.