PROJETOS

cedro

 

Análise Genética e Micropropagação de espécies nativas visando à conservação dos Recursos Genéticos Florestais do Bioma Pampa

O presente projeto de pesquisa tem como foco central gerar indicadores para a proposição de planos de conservação, recuperação e manejo sustentável de recursos genéticos florestais na região da Fronteira Oeste do estado do Rio Grande do Sul e estabelecer um processo de micropropagação de E. uniflora visando sua valorização regional como espécie comercial.

PALAVRAS-CHAVE: Recursos Genéticos, Ecologia Molecular, Biodiversidade, Biotecnologia

SUPORTE FINANCEIRO: CNPq (Processo 442995/2014-8)

Determinação de áreas prioritárias para a conservação dos recursos genéticos florestais do Bioma Pampa utilizando análises de genética molecular e populacional

O presente projeto de pesquisa representa uma proposta que objetiva dar continuidade às pesquisas desenvolvidas pelo grupo de pesquisa Dinâmica Ecológica e Diversidade em Ecossistemas Florestais (DEDEF), pelo Núcleo de Genômica e Ecologia Molecular (NuGEM) e pelo Núcleo de Cultura de Tecidos Vegetais (NCTV), ligados ao Centro Interdisciplinar de Pesquisas em Biotecnologia (CIPBiotec) da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), integrando genética e biotecnologia na conservação dos recursos genéticos florestais na região da Fronteira Oeste do estado do Rio Grande do Sul, no bioma Pampa. Considerando que grande parte da riqueza e da biodiversidade da região da Fronteira Oeste do estado do Rio Grande do Sul carece de informações cientificamente sistematizadas (MMA, 2002), a estimativa adequada da diversidade em nível genético representa um passo importante para o reconhecimento de áreas prioritárias para a conservação dos recursos genéticos florestais deste bioma, assim como para a estruturação de programas de manejo sustentável do mesmo, propiciando desenvolvimento ambiental e socialmente sustentável. Além disso, a continuada erosão dos recursos genéticos florestais também demanda uma precisa prospecção da diversidade genética da região, propiciando ferramentas para a reavaliação das formas de uso dos recursos florestais, principalmente por pouco se conhecer o que está sendo explorado

PALAVRAS-CHAVE: Recursos Genéticos, Conservação in situ, Conservação ex situ

SUPORTE FINANCEIRO: CNPq (Processo 474758/2012-5):

Análise da diversidade genética populacional de espécies arbóreas visando à conservação dos recursos genéticos florestais da região da Fronteira Oeste do estado do Rio Grande do Sul

O presente Projeto de Pesquisa representa uma proposta que objetiva a integração de áreas do conhecimento ligadas à Ecologia e à Genética, visando à geração de dados sobre ecologia molecular, determinação de áreas prioritárias para conservação e geração de propostas para manejo sustentável dos recursos genéticos florestais da região da Fronteira Oeste, além de fortalecer o grupo de pesquisa Dinâmica Ecológica e Diversidade em Ecossistemas Florestais da Universidade Federal do Pampa. Através deste Projeto de Pesquisa, busca-se a caracterização da diversidade genética intra e interpopulacional de duas espécies arbóreas nativas da região da Fronteira Oeste do estado do Rio Grande do Sul, através de análises de marcadores moleculares microssatélites e/ou AFLPs. O estudo contemplará dez locais de coleta envolvendo o estudo de espécies florestais de reconhecida importância ecológica e econômica para a região. As análises de diversidade genética de espécies componentes dos recursos florestais, ainda incipientes em vários pontos do Bioma Pampa, serão correlacionadas com fatores ambientais e edafoclimáticos que serão avaliados concomitantemente no estudo. Os dados sobre distribuição da diversidade genética das espécies estudadas serão tornados públicos através de mapas temáticos a serem gerados e disponibilizados on line, gratuitamente e com constante atualização. Com isso, pretende-se contribuir de forma efetiva com o atual estado de conhecimento sobre a diversidade genética dos recursos florestais do bioma Pampa, buscando a geração de índices técnicos para o estabelecimento de tecnologias e normatizações de conservação e manejo sustentável da flora arbórea local

PALAVRAS-CHAVE: Recursos Genéticos, Conservação in situ, Conservação ex situ

SUPORTE FINANCEIRO: CNPq (Processo 471812/2011-0)

Genética e Conservação de Espécies Vegetais do Bioma Pampa na Região da Fronteira Oeste do Estado do Rio Grande do Sul

Considerando que grande parte da degradação ambiental do Pampa é decorrente da ação antrópica não-sustentável, é necessária também a busca de alternativas para a geração de renda visando o desenvolvimento econômico e social da região. Alternativas de produção e renda para os pequenos agricultores através de sistemas de manejo sustentável da vegetação nativa pode ser uma iniciativa bastante interessante para a preservação do Pampa. Este tipo de atividade promove ainda a conservação in situ das espécies alvo, assim como de outras espécies relacionadas. Neste sentido, o conhecimento da diversidade genética (variação existente entre populações ou indivíduos de uma mesma espécie ou de diferentes espécies, em um enfoque filogenético) das espécies empregadas nestes sistemas de produção é essencial para a determinação de unidades evolucionárias significativas, visando, por exemplo, a criteriosa escolha de áreas de coleta de sementes, visando à produção de mudas e recuperação das áreas degradadas. O presente projeto objetiva a bioprospecção de espécies vegetais do bioma Pampa, gerando subsídios para a conservação, recuperação e manejo sustentável deste ambiente. A pesquisa terá foco em duas espécies arbóreas: o angico-vermelho (Parapiptadenia rigida) e a Timbaúva (Enterobium contortisiliquum), espécies nativa e com potencial para reflorestamento e manejo na região da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul.

PALAVRAS-CHAVE: Recursos Genéticos, Conservação in situ, Conservação ex situ

SUPORTE FINANCEIRO: FAPERGS (Processo 0902170)

Genética e Conservação de Espécies Vegetais do Bioma Pampa na Região da Fronteira Oeste do Estado do Rio Grande do Sul

O presente projeto objetiva a bioprospecção de espécies vegetais do bioma Pampa, gerando subsídios para a conservação, recuperação e manejo sustentável deste ambiente. A pesquisa terá foco em duas espécies arbóreas: o angico-vermelho (Parapiptadenia rigida) e a Timbaúva (Enterobium contortisiliquum), espécies nativa e com potencial para reflorestamento e manejo na região da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul. O trabalho será estruturado em ações interligadas e interdependentes entre si, as quais ao longo de sua execução, contribuirão para alcançar os objetivos propostos. A principal característica desse projeto é uma abordagem multidisciplinar, como tentativa de construir uma visão holística do Bioma Pampa, de grande importância para o sul do Brasil. A pesquisa será desenvolvida na área de abrangência oito municípios da região da Fronteira Oeste: Alegrete, Itaqui, Manuel Viana, Rosário do Sul, Santana do Livramento, São Borja, São Gabriel e Uruguaiana.

PALAVRAS-CHAVE: Recursos Genéticos, Conservação in situ, Conservação ex situ

SUPORTE FINANCEIRO: CNPq Processo (502804/2009-2)

Conservação dos recursos genéticos florestais da mata ripária do rio Vacacaí, Rio Grande do Sul

O presente projeto de pesquisa visa gerar conhecimentos oriundos dos campos da genética e da ecologia para traçar planos de recuperação e conservação da mata ripária do rio Vacacaí na região do município de São Gabriel.

PALAVRAS-CHAVE: Recursos Genéticos, Conservação in situ, Conservação ex situ

SUPORTE FINANCEIRO: UNIPAMPA/PROPESQ