Propósito

PROPÓSITO

As olimpíadas de biomecânica são desenvolvidas desde 2011.

As Olimpíadas de Biomecânica são desenvolvidas, semestralmente, desde 2011. Durante as disciplinas de biomecânica os estudantes são expostos a conceitos matemáticos, físicos e biológicos no contexto do movimento humano. Dada a interface com a física, a biomecânica é também uma disciplina com altos índices de reprovação (aproximadamente 20%). Dessa forma, este projeto de inovação didático-pedagógico busca também diminuir índices de reprovação e adicionalmente evasão, uma vez que as disciplinas ocorrem no início dos cursos e são pré-requisitos para outras, o que se agrava ainda mais nos cursos com entrada anual, como a Educação Física. Muitos estudantes chegam até a Universidade com um aprendizado precário em conceitos fundamentais de física e matemática, e apresentam sérias dificuldades ao longo do semestre. Nesses casos, é preciso desenvolver estratégias de ensino para facilitar o aprendizado dos estudantes.

Com o objetivo de desenvolver diferentes métodos para aprendizagem com vistas à facilitação e melhoramento do processo pedagógico, este projeto propõe a realização de atividades alternativas para o ensino de biomecânica nos cursos de fisioterapia e educação física da Universidade Federal do Pampa. Além disso, as atividades das olimpíadas promovem o desenvolvimento do estudante sobre outros aspectos, tais como leitura científica, redação científica, elaboração de textos acadêmicos, trabalho em equipe, cumprimento de prazos e auxílio aos colegas, divulgação e popularização da ciência e trabalho coletivo.