Sobre

 .

SOBRE O GNAP e o Laboratório de Neuromecânica

O GNAP foi instituído em setembro de 2009, quando o professor Felipe Carpes iniciou a organização do laboratório de neuromecânica da Unipampa, recebendo o auxílio recém doutor da FAPERGS. Logo em seguida houve um investimento da instituição, assim como o recebimento de outros fomentos externos de pesquisa e extensão que possibilitaram a aquisição de vários instrumentos e a atuação de vários bolsistas. Desde então, nosso grupo está interessado em investigar a neuromecânica do movimento humano, bem como suas interações com outras áreas, como a do comportamento animal, estresse e adaptações agudas o exercício. Atualmente o GNAP e o laboratório de neuromecânica desenvolvem investigações com aporte financeiro do CNPq, FAPERGS, FINEP e CAPES.

A nossa equipe conta com membros da UNIPAMPA, além de colaborações nacionais e internacionais. Frequentemente o grupo envia estudantes ao exterior, na maioria das vezes com o apoio de grants conseguidos junto à International Society of Biomechanics, International Brain Research Organization ou bolsas de agências de fomento. Hoje o grupo mantém vínculo acadêmico com Universidades de diferentes países, além de instituições do Brasil. O objetivo destas parcerias não é só desenvolver projetos de pesquisa ou publicar artigos em conjunto, mas também promover atividades de intercâmbio entre universidades, fortalecendo o aprendizado dos alunos e possibilitando a realização de projetos multi-cêntricos. O grupo também já recebeu e continua recebendo visitantes externos, dentre eles estudantes de pós-graduação ou professores de Universidades de outros países.

Confira nosso cadastro no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq clicando aqui.

LOCALIZAÇÃO

Coordenadas: -29.831101, -57.101933

NOS ENCONTRE NO GOOGLE MAPS

Mapa de localização: clique aqui

METAS

A meta do Grupo de Pesquisa em Neuromecânica Aplicada (GNAP) é desenvolver ciência com qualidade e com relevante aplicação prática no dia a dia das pessoas. Com isso também buscamos contribuir com a formação de futuros profissionais que terão condições de trabalhar para melhorar as condições de vida nas comunidades onde estiverem inseridos por meio da geração de conhecimentos e aplicação dos mesmos para solução de problemas.