Notícias

Unipampa inicia estudos para dotar a Santa Casa de projeto alternativo de energia

 No último dia 17, nas dependências da Santa Casa de Caridade de Alegrete, aconteceu uma importante reunião de trabalho visando a implantação de um projeto de eficiência energética e subsequente implantação de geração descentralizada fotovoltaica no hospital que atende a comunidade alegretense e região.

Promovida pelo vereador Rudi Pinto e pelo assessor do deputado estadual Gilmar Sossella, Júlio Rocha, esta agenda foi estabelecida com os gestores da Santa Casa e o representante da UNIPAMPA, professor José Wagner Maciel Kaehler, com doutorado no Centre D’énergétique – CENERG – Ecole Nationale Supérieure des Mines de Paris, acompanhado por seu aluno, Guilherme Rocha, acadêmico do Curso de Engenharia Mecânica e aluno da disciplina de complementação de graduação: Eficiência Energética – da Avaliação Gerencial à Auditoria Energética.

Rudi Pinto sugeriu ao gestor, Antônio Jorge Souza e a diretora Tailise Lemos, que procurassem a UNIPAMPA com o objetivo de buscar informações sobre a eficiência energética e assim obter uma economia no consumo de energia. “Estamos sempre buscando auxiliar as entidades que prestam algum serviço à comunidade e a Santa Casa de Caridade é fundamental na vida de todos nós. Por isto acho essencial as pessoas ajudarem. Neste sentido, oferecemos o Troco Solidário e esta aproximação entre Santa Casa e UNIPAMPA, afinal se economizar na conta de luz, mais investimentos serão possíveis para beneficiar a coletividade”.

Já para o assessor parlamentar, Júlio Rocha, “é fundamental que se use a política de forma transformadora e com cidadania e que ela seja empregada como ferramenta de apoio às demandas sociais. E é isto que estamos fazendo”, observou.

A utilização racional de energia consiste em usar de modo eficiente a energia, em particular a elétrica, para se obter um determinado resultado, no caso, uma importante economia de energia. Para Wagner Kaehler é necessário primeiro avaliar como está sendo prestado o serviço de eletricidade, se existe desperdício de energia, se o aterramento é eficiente e as cargas nas três fases equilibram-se para se ter um diagnóstico exato do quanto o hospital poderá economizar com a geração de energia sustentável. “É um processo que tem como premissa a base econômica e ambiental fundamentada na boa técnica e habilitação. É fundamental que se faça um estudo para ver como está o uso de energia e de sua demanda. Se tem conflito ou perda é possível economizar. E é para detectar possíveis falhas que nossos alunos são treinados”, disse o professor.

Este projeto visa a aproximação da universidade com a comunidade, afinal os resultados beneficiarão de maneira efetiva a Santa Casa e, com isso, o retorno será imenso em termos de economia de energia e sustentável financeiramente. A avaliação fotovoltaica e a implantação futura de painéis solares estão mais próximas de ocorrer. “Esta é uma avaliação que precisávamos para ver a viabilidade de se efetivar o projeto de acordo com as reais necessidades energéticas do Hospital. Temos um novo projeto de investimento que podemos acessar através do Pró-Santas Casas e, se tudo der certo, poderemos em breve comemorar esta grande conquista”, finalizou Souza.

Ficou acertado, ainda, que os alunos, acompanhados pelo Professor Wagner Kaehler, terão até o mês de dezembro para finalizar o estudo de viabilidade técnica e de eficiência energética e que serão auxiliados pelo Assessor de Administração, José Costenaro.

A redação tentou contato com o professor José Wagner Maciel Kaehler para saber qual o percentual estimado de economia, mas até o momento não havia sido atendida.

Fonte: AlegreteTudo

Disponível em: http://alegretetudo.com.br/unipampa-inicia-estudos-para-dotar-a-santa-casa-de-projeto-alternativo-de-energia/