Projetos de Pesquisa

Validação de Requisitos em Sistemas Autoadaptativos (07/2014 – 06/2017)

As abordagens tradicionais de engenharia de requisitos não são adequadas para o desenvolvimento de sistemas autoadaptativos. Esses sistemas operam sob condições de incerteza, logo, faz-se necessário ter meios para descobrir, analisar, documentar e validar os requisitos de adaptação, além dos requisitos tradicionais. Motivado por isso, propõe-se um projeto de pesquisa que objetiva a elaboração de uma solução de engenharia de requisitos para o desenvolvimento de sistemas autoadaptativos que viabilize a validação das especificações de requisitos junto aos usuários. A ideia central dessa proposta é viabilizar a geração de cenários reais de uso do sistema a partir de especificações concretas de requisitos. Espera-se como resultado desse projeto a obtenção de uma abordagem de engenharia de requisitos voltada para as especificidades dos sistemas autoadaptativos.

Equipe: Prof. João Pablo Silva da Silva (Coordenador), Douglas F. Almeida (TCC), Eduardo Bruning (TCC/AGP 2015), Juliano Puiati Pires (PDA/2015), Acad. Gabriel B. Moro (Voluntário).

Desenvolvimento de Jogos Acessíveis para Web (05/2014 – 04/2016)

Jogos digitais representam um importante e ascendente ramo nas indústrias de software e entretenimento. De diferentes formas, esses jogos afetam o desenvolvimento de habilidades de milhões de jogadores que diariamente estão engajados em jogos locais ou pela Internet. Com o crescimento das redes sociais e com a democratização do acesso à web, jogos que utilizam o navegador como plataforma de execução tornam-se também cada vez mais populares. Grande parte dessa popularidade está relacionada a flexibilidade de acesso, flexibilidade de tempo investido e gratuidade da maioria desses jogos. A despeito da ampliação de acesso, pessoas com necessidades especiais em particular, pessoas com deficiência ainda são um público excluído dos jogos digitais. Isso ocorre devido a tanto os jogos desktop quanto os jogos web possuírem recursos mínimos relacionados à acessibilidade. Ainda que a estrutura da própria web tenha sido pensada para ser acessível, os jogos web baseados em navegador costumam usar recursos (como Adobe Flash e Oracle Java Applets) amplamente incompatíveis com os recursos de Tecnologia Assistiva usados por pessoas com deficiência, fazendo com que a experiência dos jogos digitais seja negada a um grupo substancial de jogadores. Observando essa lacuna, propomos um projeto de pesquisa para avaliação e desenvolvimento de jogos acessíveis em navegador. Nosso foco será a composição de recomendações para a criação de jogos acessíveis utilizando as tecnologias HTML5 e JavaScript, e, para isso, reimplementaremos jogos produzidos em outras tecnologias (comparando a acessibilidade entre elas) e desenvolveremos novos jogos (aplicando recursos de acessibilidade pouco explorados no contexto de jogos, como a especificação WAI-ARIA). A inspeção por checklists feita por especialistas e os testes com usuários com deficiência nortearão a avaliação e o desenvolvimento dos jogos, enquanto resultados das avalições e entrevistas com os desenvolvedores formarão a base para a extração de recomendações através da técnica de análise de conteúdo.

Equipe: Prof. Jean Felipe Cheiran (coordenador), Profa. Amanda Meincke Melo, Prof. João Pablo Silva da Silva, Anne Lize Lopes Escarrone (AGP/2015),Edison Jhonatan Regina Moura (AGP/2015), Gean Trindade (voluntário), Eduardo Bruning (voluntário),Paula Maísa Pereira Cordeiro (AGP/2015), Sharbell Kemel da Silva (voluntário), Wolleson Kevin Kelm (PDA/2015).

Sistema Inteligente de Suporte à Garantia da Qualidade de Software (07/2012 – 07/2014)

A garantia da qualidade é uma disciplina da engenharia de software que busca dar às equipes de desenvolvimento uma clara percepção sobre a aderência dos projetos de software aos processos definidos para estes. Uma das dificuldades envolvidas na implementação de práticas de garantia da qualidade está na percepção do valor agregado gerado, pois seus custos são diretos, mas seus benefícios são indiretos. Neste sentido, entende-se como necessário um suporte automatizado para as atividades de garantia da qualidade capaz de maximizar a cobertura das inspeções sem impactar nos custo relacionados à sua execução. Para solucionar isto Silva (2010) propõe um sistema multiagente baseado em ontologias capaz de automatizar atividades de inspeções de garantia da qualidade. Mesmo com os resultados positivos obtidos, percebe-se que a solução tem limitações e necessita de melhorias para que se torne uma solução de referência. Por este motivo, o presente projeto propõe o aperfeiçoamento da solução de Silva (2010) no sentido de torná-la referência em termos de sistemas inteligentes orientados à garantia da qualidade de processo e de produto.

Equipe: Prof. Me. João Pablo Silva da Silva (Coordenador), Helison Réus Teixeira (TCC), Rafael Rodrigues Maier (PJTC/2012), Renan Marcel Uchôa (PBIP/2012) e Thiago Cassio Krug (PBIP/2013).