Ações de Institucionalização

Ações de Institucionalização

1. Nomeação do Coordenador pró-tempore

No dia 27/10/2010, por meio da Portaria Nº1634, foi nomeado o servidor Émerson Oliveira Rizzatti como coordenador pro tempore do PampaTec. O qual, a partir dessa data, passou a organizar estudos e reuniões internas com objetivo de propor um Regimento para a organização e o funcionamento do Parque Científico e Tecnológico do Pampa.

2. Regimento Interno

Regimento do PampaTec foi aprovado pelo CONSUNI na sessão do dia 25/11/2010, sendo publicado como a Resolução Nº 18.

3. Cadastramento no PPGTec/RS

O projeto do PampaTec foi cadastrado junto ao Programa Gaúcho de Parques Tecnológicos do Governo do Estado do RS, estando apto a apresentar-se em editais de fomento.

4. Plano Diretor e arquitetura inicial

Com suporte da equipe da Pró-Reitora de Obras e Manutenção, além de professores dos cursos de Engenharia Civil e Engenharia Elétrica, foi elaborado o Plano Diretor de ocupação da área de 6ha e o 1º projeto de um prédio para abrigar as futuras instalações do PampaTec.

O projeto de implantação física do PampaTec foi submetido ao Edital 03/2010 da Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado do RS, no dia 03/11/2010. Recebeu parecer elogioso pela qualidade técnica, no entanto o edital foi cancelado ao final do mandato do governo estadual, em dezembro de 2010, alegadamente por falta de tempo hábil para o financiamento.

5. Capacitação de servidores e dirigente

Visando a capacitação da equipe gestora do PampaTec, o coordenador pro tempore e servidores lotados no Campus Alegrete realizaram visitas técnicas a outros parques científico-tecnológicos do estado do Rio Grande do Sul.

6. Apresentação do Projeto à Comunidade

O Projeto do PampaTec foi apresentado em entidades empresariais, órgãos de governo estadual e municipal, outras universidades e empresas.
Apresentação ao Presidente da Assembléia Legislativa do RS.
Apresentação na Câmara de Vereadores de Alegrete.