Arquivo da categoria: Notícias

PampaTec apresenta resultados aos Vereadores de Alegrete

A equipe gestora do PampaTec composta pelos servidores da Unipampa, Vitor Almada, Diretor do PampaTec, Émerson Rizzatti Coordenador da Incubadora e Daniele Schmitz, Assistente em Administração, no dia 05/07/2018, apresentou na Câmara de Vereadores o histórico e os principais resultados já obtidos pelas ações do Parque Científico e Tecnológico do Pampa desde sua criação em 2010.

Na abertura foi exibido aos Vereadores e ao público presente, um vídeo institucional apresentando o Campus Alegrete da Unipampa com seu quantitativo de cursos, alunos, professores e técnicos, uma vez que esse é o berço do PampaTec, pois foi a partir da iniciativa institucional que o Parque começou a tomar forma em 2011, quando foi apresentado o projeto para captação de aproximadamente R$ 1 milhão, junto ao Governo do Estado do RS, para a construção dos prédios que desde 2015 abrigam as empresas de base tecnológica e a sede administrativa.

Até hoje, 7 empresas iniciaram atividades de inovação tecnológica, + de 50 pessoas trabalhando nas empresas, + de 150 alunos projetando novos negócios, + de 700 pessoas impactadas por eventos de fomento ao empreendedorismo e à inovação.

Entre esses, foram citados 2 casos de projetos que viraram negócios:

Também foi apresentada a visão de futuro do PampaTec, que está alinhada com as principais inovações nas áreas de Alimentos, Água e Energia, através do desenvolvimento do projeto “CITA – Centro de Inovação e Tecnologia para o Agronegócio”, o qual objetiva tanto a utilização local de tecnologias já existentes fora da região, quanto o desenvolvimento de tecnologias inovadoras da região para o mundo, desde a Agricultura Familiar até a Agricultura de Produção Industrial.Centro de Inovação e Tecnologia do AgroNegócio

Ao final, foram apresentadas algumas razões para que serve um Parque Tecnológico em nossa cidade:

  • Criar um Ecossistema de Inovação;
  • Resolver problemas sociais no Campo e na cidade com uso de novas tecnologias;
  • Reter na cidade os melhores “Cérebros”;
  • Trazer investimento de fomento externo para cidade (Editais, emendas parlamentares e recursos privados);
  • Gerar emprego e renda na cidade.

E também, sugeridas algumas formas de apoio que podem ser de iniciativa dos Vereadores:

  • Criação e revisão da legislação para ajustá-la às necessidades das empresas de tecnologia e inovação;
  • Reduzir a burocracia para novas empresas;
  • Captar recursos de emendas parlamentares para investimento na infraestrutura disponível para laboratórios e empresas de tecnologia e inovação.

Veja as Fotos!

Deputado Federal Afonso Motta recebe do PampaTec, Projetos da área de inovação e Tecnologia

No início da manhã do dia 29/06/18, o PampaTec, situado na Unipampa Campus Alegrete, recebeu a visita do Deputado Federal Afonso Motta, na oportunidade foram apresentados os diversos projetos que estão sendo desenvolvidos no Parque Científico e Tecnológico do Pampa, bem como alternativas nas áreas de Inovação e Tecnologia com objetivo de desenvolver a cidade de Alegrete e região.

Foram apresentados projetos de pesquisas aplicadas ao mercado, entre elas o projeto “CITA – Centro de Inovação e Tecnologia para o Agronegócio”, o qual objetiva tanto a utilização local de tecnologias já existentes fora da região, quanto o desenvolvimento de tecnologias inovadoras da região para o mundo. Já na estratégia de fomento ao Empreendedorismo e à Inovação, foi apresentado o evento do “Desafio de Modelos de Negócios Inovadores” com premiação em dinheiro e mentoria aos idealizadores dos melhores projetos.

Em outra área de forte interesse tanto da Unipampa, quanto do próprio Deputado Afonso Motta, foram apresentados projeto com foco na Comunidade e no Meio-ambiente, sendo entre eles o projeto de “Tecnologias assistivas, mobilidade urbana e meio-ambiente”, que propõe a utilização do espaço urbano da faixa de domínio da linha férrea, que está abandona, para melhorar as condições de mobilidade urbana, gerar emprego e renda, reduzindo o impacto ambiental nas cidades.

Com toda sua experiência, o Deputado Federal Afonso Motta entende o propósito do Parque Tecnológico de ser uma das alternativas ao Desenvolvimento Regional, com base na criação de novas empresas, geração de emprego, renda e consequente permanência dos nossos alunos na cidade e região. Deste modo,  demonstrou forte interesse em apoiar os projetos do PampaTec nas áreas de inovação e tecnologia, bem como demais demandas oriundas da Unipampa.

Estavam presentes nesta reunião o Deputado Federal Afonso Motta, Vice-Reitor da Unipampa Prof. Maurício Vieira,  Pró-reitor de Graduação, Prof. Ricardo Carpes, Diretor do PampaTec Adm. Vitor Almada, Coordenador da Incubadora Tecnológica, Adm. Emerson Rizzatti e a vereadora Firmina Fuca.

Afonso Motta no PampaTec Afonso Motta no PampaTec Afonso Motta no PampaTec

Investimento-Anjo foi discutido na Semana Acadêmica

Na noite de 28/06/18 o Núcleo de Empreendedorismo do Campus Alegrete, em parceria com o PampaTec, organizou mais uma palestra do Projeto Café com Inovação, dentro do Programa Educação Empreendedora SEBRAE & UNIPAMPA. O tema colocado em pauta nesta edição foi o Investimento-Anjo, o qual foi apresentado pelos advogados Giulliano Tozzi e Luiz Garrido, que atuam na área do Direito Empresarial e realizam a intermediação entre investidores e empreendedores de StartUps desde 2012.

Tozzi apresentou as principais ferramentas jurídicas utilizadas nos acordos entre investidores e empreendedores atualmente no Brasil, destacando que novas legislações foram criadas ultimamente, mas ainda não existe um arcabouço jurídico que facilite essa relação.

Garrido utilizou exemplos já vividos por eles na prática do escritório que possuem em Porto Alegre para apresentar os principais cuidados, as boas práticas e as oportunidades, tanto para investidores quanto para empreendedores, especificamente em negócios caracterizados como StartUps, que são fortemente baseados em tecnologia, altamente escaláveis e replicáveis.

No final das apresentações, foi aberto espaço para perguntas dos presentes, que manifestaram suas dúvidas não só no tema específico do investimento como também em outros temas pertinentes ao universo das StartUps, como o registro de propriedade intelectual e a relação societária.

O Programa de Educação Empreendedora está sendo desenvolvido pela UNIPAMPA nos seus 10 campi. Tem como objetivo identificar e trabalhar os elementos que possam configurar a UNIPAMPA como uma matriz geradora de cultura empreendedora para a Região do Pampa Gaúcho. Busca ser uma forma de fazer com que esta instituição federal de ensino superior contribua com a sociedade na perspectiva de gerar desenvolvimento e fazer com que os produtos e serviços oriundos da região ocupem lugar de destaque no cenário nacional e até mesmo global.

Investimento Anjo na UNIPAMPA PAMPATEC Investimento Anjo na UNIPAMPA PAMPATEC Investimento Anjo na UNIPAMPA PAMPATEC

Fotos: https://photos.app.goo.gl/Zpk2fLrCYjVMK42r7

Qual a tua causa? – Palestra discutiu o tema da cultura empreendora

Na noite de 27/06/18 o Núcleo de Empreendedorismo do Campus Alegrete, em parceria com o PampaTec, organizou uma palestra com Rafael Landa, um jovem empreendedor, com mil ideias na cabeça. Ele se deslocou de Bagé (RS) para fornecer, voluntariamente, informações sobre cultura empreendedora e, muito mais do que isso, trazer reflexões, exemplos de “propósito de vida”, do tipo: Qual é a tua causa?

A palestra “Vamo inventa moda?” foi apresentada no auditório da Escola Estadual Lauro Dornelles, na Zona Leste de Alegrete. Estiveram participando daquele momento os alunos dos cursos técnicos da escola, professores da UNIPAMPA, empresários, professores da rede municipal e estadual, líderes setoriais e políticos. O evento teve como propósito trazer o tema da inovação, novos negócios e bons exemplos. Contou com a colaboração da Associação dos Jovens Empreendedores – AJE, PampaTec, Centro Empresarial de Alegrete e Centro Estudantil do Campus Alegrete da UNIPAMPA.

O Programa de Educação Empreendedora está sendo desenvolvido pela UNIPAMPA, nos seus 10 campi, em parceria com o SEBRAE-RS. Tem como objetivo identificar e trabalhar os elementos que possam configurar a UNIPAMPA como uma matriz geradora de cultura empreendedora para a Região do Pampa Gaúcho. Busca ser uma forma de fazer com que esta instituição federal de ensino superior contribua com a sociedade na perspectiva de gerar desenvolvimento e fazer com que os produtos e serviços oriundos da região ocupem lugar de destaque no cenário nacional e até mesmo global.

vamo inventa moda vamo inventa moda

VER TODAS AS FOTOS.

PampaTec recebe visita de alunos do IFFarroupilha – Uruguaiana

A visita ao PampaTec foi organizada pelo professor Toni Ferreira Montenegro, Docente de Informática do Instituto Federal Farroupilha no Campus Avançado de Uruguaiana, com os alunos premiados na Feira Científica de Inovação. Segundo o professor Toni, o prêmio pretendeu levá-los para uma experiência científica e tecnológica.

Visita de alunos e professores do I.F.Farroupilha

Os visitantes conheceram um pouco da história do surgimento do PampaTec e seus propósitos e depois foram apresentados ao empreendedores instalados no parque dentro do Programa de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. O Diretor do PampaTec, Vitor Rodrigues Almada, informou aos visitantes que desde a inauguração do prédio em 2015 já passaram pelo programa 5 empresas, que geraram mais de 30 empregos diretos.

O Coordenador da Incubadora de Empresas, Émerson Rizzatti, explicou ao grupo como é o processo seletivo para que empreendedores possam participar do Programa de Incubação do PampaTec e também os serviços prestados pela equipe do Parque aos empreendimentos apoiados.

Leia mais sobre o Programa de Incubação de Empresas do PampaTec.

Agende uma visita.

Horário especial de atendimento – de 26/12/17 a 09/03/18

Em atendimento às determinações da Reitoria da UNIPAMPA, informamos os dias e horários de atendimento da equipe administrativa do PampaTec.fique atento

De 26/12/17 a 02/01/18Não haverá atendimento administrativo no PampaTec (PORTARIA Nº 1259 DE 13/11/17).

De 04/01/18 a 09/03/18  – REGIME DE TURNO ÚNICO (PORTARIA 1322 DE 05/12/17), de acordo com os dias e horários a seguir:horario especial de atendimento

Segundas – das 12:30 às 18:30

Terças a sextas – das 08:00 às 14:00

* Dia 03/01/18 – das 12:30 às 18:30

* Dia 14/02/18 – das 14:00 às 18:00

Vencedores do Desafio 2017

Desde sua fundação em 2010 o PampaTec – Parque Tecnológico do Pampa, vem procurando desenvolver ações de incentivo e suporte aos novos negócios inovadores e de base tecnológica.

O projeto “Desafio Modelo de Negócio” surgiu em 2013 com esse propósito e através da metodologia do Business Model Canvas objetiva valorizar ideias de novos negócios envolvendo tecnologia.

Acreditando que promover um ambiente de apoio a inovação não é algo que se faça isoladamente, o PampaTec, que é um órgão da UNIPAMPA, com forte suporte da Reitoria e do Campus Alegrete, procura ampliar sua rede de parceiros alinhados a esse propósito, sendo que nesta edição conta com os seguintes apoiadores para a organização:

  • Centro Empresarial de Alegrete;
  • Instituto Federal Farroupilha, Campus Alegrete;
  • Sicredi Pampa Gaúcho;
  • Prefeitura de Alegrete através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Inovação, Ciência e Tecnologia;
  • UNOPAR, Polo de Alegrete;
  • SEBRAE RS, através do seu agente em Alegrete;
  • e dos integrantes do Projeto Educação Empreendedora realizado entre UNIPAMPA e SEBRAE RS;

organizadores do desafioEsses parceiros apoiaram a organização da quinta edição do Desafio de Modelos de Negócio que contou com 75 pessoas inscritas. Destas, 61 se identificaram como alunos de cursos de graduação de 4 Instituições: Instituto Federal Farroupilha, URCAMP, UNOPAR e UNIPAMPA. No primeiro encontro presencial, dia 08/11, 15 projetos inovadores foram apresentados, desde uma luva com sensores para controlar equipamentos, passando por sistemas mais inteligentes para alimentação de bovinos e irrigação de plantações, até sistemas e aplicativos que facilitam a vida das pessoas e das empresas nas mais diversas áreas do mercado. Todos eles passaram por uma oficina que demonstrou na prática o uso da metodologia Business Model Canvas, que facilita o caminho de quem quer transformar uma ideia em um negócio.

Na noite do dia 29/11, os 12 projetos que persistiram no programa, foram colocados à prova de três juris: o técnico, o empresarial e o popular.

O Juri Técnico foi composto por empreendedores, investidores e profissionais especialistas que utilizaram os seguintes critérios na sua votação:

– Inovação e Tecnologia;

– Potencial de Crescimento e lucratividade;

Representando o corpo de jurados técnicos, foram chamados o empresário Luciano Kelbouskas,  diretor dos Polos de Alegrete e Rosário do Sul da UNOPAR e o técnico Márcio da Silva representando o SEBRAE para entregar o cheque de 700 reais e o troféu aos membros da equipe do projeto mais votado na categoria Juri Técnico: Sistema autônomo para alimentação de animais, equipe composto  Willian Gerstberger e Eduarda Schein.

Essa premiação em dinheiro só foi possível através do patrocínio de:
Agenda Remates, Esco GD Energia, Martini Papelaria e Brinquedos, Sindicato Rural de Alegrete, Ritt Empreendimentos, Endime, Pampelaria, Fonther Negócios Imobiliários, Mecânica Rondon, Saúde Brasil, Subway, Sicredi, FisioFit Fisioterapia e Pilates e Aprovação Pré-Vestibular.

desafio startup pampa - organizadores + patrocinadores 2017

O Juri Empresarial foi composto pelos patrocinadores que contribuíram para formar a premiação em dinheiro deste evento, aos quais foi feita a seguinte pergunta: Em qual projeto você investiria?

Representando o corpo de jurados empresariais, convidamos o empresário Deonir Martini, proprietário da Martini Papelaria e Brinquedos e Presidente do Centro Empresarial de Alegrete e o empresário Danilo Nunes Schimtz, proprietário da mecânica Rondon e presidente da Associação do mecânicos, metalúrgicos e eletricistas de Alegrete, para entregar o cheque de 600 reais e o troféu aos membros da equipe do projeto mais votado na categoria Juri Empresarial: Compara Tudo, equipe composta por Luiz Felipe Bairros, Juliano Macedo e João Otávio Chervinski.

Juri empresarial

O Juri Popular foi composto por todas as pessoas que estiveram presentes ao polo da UNOPAR na noite de ontem e assistiram às apresentações dos projetos participantes, aos quais também foi feita a seguinte pergunta: Em qual projeto você investiria?

Representando todos que votaram, apresentaram projetos, trabalharam na organização e contribuíram de maneira cooperativa para este momento, convidamos o senhor Leandro Gindri de Lima, Diretor Executivo da cooperativa de crédito SICREDI PAMPA GAÚCHO, e representando todos os cidadãos de Alegrete a Prefeita Cleni Paz da Silva, para entregar o cheque de 500 reais e o troféu aos membros da equipe do projeto mais votado na categoria Juri Popular: Luva para realidade virtual, equipe composta por Felipe Antunes Quirino e Marcelo Romanssini.

Premiação Juri Popular

Destacamos que os membros de todas equipes participantes, estão selecionados para o Programa de Orientação para criação de empresas para transformar as suas ideias em negócios junto ao PampaTec, assim como as 5 empresas lá estabelecidas, todas com passagem por este programa “Desafio Modelo de Negócio”.

Equipe de Servidores da UNIPAMPA, lotados no PampaTec que organizaram o evento.

Equipe de Servidores da UNIPAMPA, lotados no PampaTec: Daniele, Émerson, Vitor e Thiago.

Qual o estágio do seu negócio?

A equipe do PampaTec quer muito poder ajudar o desenvolvimento do seu negócio, por isso estamos disponíveis para agendamento de reuniões para orientações.

 agende seu atendimento no PampaTec
A primeira orientação já vai agora: Elabore seu modelo de negócio (CANVAS) e leve-o para a reunião com a equipe PampaTec.
A segunda também: Se você já tem um produto ou serviço minimamente iniciado e está tentando as primeiras vendas, faça este check-up e leve-o também para a reunião. Check-up de avaliação.

PampaTec já gera emprego e renda em Alegrete

A Unipampa é uma referência  na formação de profissionais nas áreas de tecnologia, em Alegrete.

Além disso, a Universidade busca potencializar o desenvolvimento regional através do empreendedorismo, criação de um ambiente propício a novas ideias e soluções que possam se tornar empresas na área de tecnologia (startups), gerando emprego e renda na cidade e região.

Dentro deste contexto foi criado o PampaTec – Parque Científico e Tecnológico do Pampa, cujo principal objetivo é fomentar o desenvolvimento regional por meio do empreendedorismo de base tecnológica.

O diretor do PampaTec, Vitor Almada, lembra que a Universidade ainda sofre com a evasão de alunos, e um dos motivos é a falta de oportunidades na região, pois não há vagas o suficiente para absorver todos os profissionais que estão sendo formados pela Unipampa.

O PampaTec, possui dez salas na Incubadora Tecnológica, espaço de coworking, copa, sala de reuniões, vigilância e portaria 24 horas. Almada diz que estão com cinco empresas incubadas, 15 ideias em fase de Pré-Incubação, em torno de 100 alunos envolvidos.

Os principais eventos do PampaTec são o Desafio Modelo de Negócio, PampaConecta e o Café com Inovação, todos tem como objetivo em comum, promover o empreendorismo na comunidade acadêmica, envolver empresários da cidade e região, na busca por soluções aos seus problemas e prospectar ideias que possam se tornar novas empresas. Informações: http://startuppampa.com.br

Vitor Almada salienta que o desenvolvimento do PampaTec, único Parque Tecnológico na região do Pampa Gaúcho. “É um trabalho de formiguinha, mas já temos aqui empresas na área de geração de energias renováveis, construções sustentáveis e desenvolvimento de software.

Conseguimos cumprir uma parte do nosso objetivo, enquanto instituição, que é a criação de emprego, renda e permanência dos alunos na cidade”.

Em cada sala tem gente que inova e busca desenvolver Alegrete e região com produtos diferentes que vêm para dinamizar negócios gerando agilidade e economia.

Uma é a ESCO GD, a primeira empresa do PampaTec, hoje com projetos de energia renovável em toda região e 12 colaboradores. E já planeja se expandir para espaço maior dentro do Parque Tecnológico que tem 6 hectares.

 

Fonte: http://alegretetudo.com.br/pampatec-ja-gera-emprego-e-renda-em-alegrete/