Governo do RS repassa recurso para construção

Em 27/12/2011 foi assinado o Convênio entre o PampaTec e a SCIT para:

Construção do Prédio com 647,70m² :

  • GOVERNO DO RS: R$ 930.938,50 (93,15% da obra);
  • CONTRA-PARTIDA TOTAL DA UNIPAMPA => R$ 324.290,97, divididos em: R$ 68.411,70 (6,85% da obra), Horas trabalhadas (professores e técnicos): R$ 211.787,27, Diárias, Passagens, Móveis e Equipamentos: R$ 44.092,00.

As principais METAS do Convênio são:

  • Construir o prédio;
  • Realizar workshops, seminários e palestras para prospecção de interessados e sobre empreendedorismo, plano de negócios, ciência e tecnologia, pesquisa e escrita científica;
  • Desenvolver mecanismos de divulgação das atividades do Parque à comunidade nacional e internacional.

Em 15/02/2013 o Governo do RS repassou ao PampaTec o valor de R$ 930.938,50, o qual terá um prazo de 24 meses para cumprir as metas estabelecidas.

Neste momento a equipe da Coordenadoria de Obras da UNIPAMPA trabalha na atualização do orçamento do projeto para, em seguida, lançar o edital de licitação para contratar a empresa executora.

Veja mais detalhes sobre o projeto.

Conselho Diretor do PampaTec toma posse e apresenta novidades

O Planejamento Estratégico para os próximos cinco anos (período 2013-2018) de atuação do Parque Científico e Tecnológico do Pampa (PampaTec) foi apresentado em reunião de seu Conselho Diretor realizada em 6 de dezembro no Campus Alegrete. Na ocasião, o vice-reitor e representante da reitoria no Conselho, Almir Barros da Silva Santos Neto, deu posse aos representantes da UNIPAMPA e da comunidade em geral presentes. O planejamento pode ser visto na íntegra aqui.

Conforme explica o coordenador do PampaTec, Émerson Rizzatti, o grupo está “trabalhando em várias frentes do projeto, conforme as metas traçadas anteriormente”. Conforme ele, está  sendo realizada a “capacitação continuada da equipe de gestão do PampaTec, com a participação em workshops, seminários e visitas técnicas a outros Parques Tecnológicos”, bem como a “prospecção de interessados – empresas, estudantes e demais membros da comunidade –  em ingressar com projetos empresariais inovadores”. Além disso, o grupo atua na promoção da cultura empreendedora junto à comunidade e começa a estabelecer processos formalizados de ingresso das empresas no Parque, conforme Émerson.

Além de apresentar os avanços do projeto, durante a reunião foram apresentadas propostas de diretrizes para elaboração do regimento da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica, bem como a proposta de diretrizes para elaboração de edital de processo seletivo público para ingresso na Incubadora, ambas as propostas aprovadas por unanimidade. Émerson explica que, agora, espera-se instalar a Incubadora ainda no início de 2013 nas dependências do Campus Alegrete. “Neste momento, está iniciado o processo de encaminhamento ao CONSUNI do Regimento da Incubadora para posteriormente lançarmos o edital para selecionar os projetos interessados em ‘incubar’ nessas salas, com previsão para abril de 2013”, afirma o coordenador.

PampaTec – Apresentação

PampaTec – Apresentação

O PAMPATEC foi criado pela Resolução 12/2010 do Conselho Universitário da Unipampa, em 20/10/2010, para promover atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica, por meio da parceria com empresas e entidades, com caráter multicampi e com sede no Campus Alegrete.

O PampaTec tem os seguintes objetivos:

1. estimular a geração e a transferência de conhecimento e tecnologias da UNIPAMPA para as entidades e empresas integrantes do PampaTec, visando o desenvolvimento e produção de bens, processos e serviços inovadores;

2. atrair e abrigar atividades de pesquisa, desenvolvimento e produção de bens, processos e serviços inovadores;

3. incentivar o surgimento de empreendimentos de base tecnológica;

4. promover o desenvolvimento e a competitividade de empresas cujas atividades estejam fundadas no conhecimento e na inovação tecnológica no Estado do Rio Grande do Sul;

5. apoiar iniciativas que estimulem a visão empreendedora nos ambientes acadêmico e empresarial;

6. proporcionar oportunidades de estágios aos alunos da UNIPAMPA, bem como facilitar sua inserção no mundo do trabalho;

7. aproximar a comunidade acadêmica da UNIPAMPA das empresas de base tecnológica de alta qualificação, criando oportunidades para projetos de pesquisa e de desenvolvimento;

8. apoiar o desenvolvimento de negócios e gestão das entidades e empresas integrantes do PampaTec;

9. apoiar parcerias entre a UNIPAMPA e instituições públicas e privadas envolvidas com a pesquisa e a inovação tecnológica; e
10. qualificar a formação profissional dos egressos das instituições de ensino superior da região por meio da participação desses nos projetos abrigados no PampaTec.

AÇÕES DE INSTITUCIONALIZAÇÃO

1. Nomeação do Coordenador pro tempore

No dia 27/10/2010, por meio da Portaria Nº1634, foi nomeado o servidor Émerson Oliveira Rizzatti como coordenador pro tempore do PampaTec. O qual, a partir dessa data, passou a organizar estudos e reuniões internas com objetivo de propor um Regimento para a organização e o funcionamento do Parque Científico e Tecnológico do Pampa.

2. Regimento Interno

O Regimento do PampaTec foi aprovado pelo CONSUNI na sessão do dia 25/11/2010, sendo publicado como a Resolução Nº 18.

3. Cadastramento no PPGTec/RS

O projeto do PampaTec foi cadastrado junto ao Programa Gaúcho de Parques Tecnológicos do Governo do Estado do RS, estando apto a apresentar-se em editais de fomento.

4. Plano Diretor e arquitetura inicial

Com suporte da equipe da Pró-Reitora de Obras e Manutenção, além de professores dos cursos de Engenharia Civil e Engenharia Elétrica, foi elaborado o Plano Diretor de ocupação da área de 6ha e o 1º projeto de um prédio para abrigar as futuras instalações do PampaTec.

O projeto de implantação física do PampaTec foi submetido ao Edital 03/2010 da Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado do RS, no dia 03/11/2010. Recebeu parecer elogioso pela qualidade técnica, no entanto o edital foi cancelado ao final do mandato do governo estadual, em dezembro de 2010, alegadamente por falta de tempo hábil para o financiamento.

5. Capacitação de servidores e dirigente

Visando a capacitação da equipe gestora do PampaTec, o coordenador pro tempore e servidores lotados no Campus Alegrete realizaram visitas técnicas a outros parques científico-tecnológicos do estado do Rio Grande do Sul.

6. Apresentação do Projeto à Comunidade

O Projeto do PampaTec foi apresentado em entidades empresariais, órgãos de governo estadual e municipal, outras universidades e empresas.
Apresentação ao Presidente da Assembléia Legislativa do RS.
Apresentação na Câmara de Vereadores de Alegrete.