O que é?

O Plano de Desenvolvimento Institucional é o documento de planejamento estratégico que reúne as metas e os métodos propostos pela instituição para a sua caminhada durante cinco anos. E a importância dele não acaba aí.

O Plano de Desenvolvimento Institucional é pré-requisito para diversas etapas da vida de uma Instituição Federal de Ensino Superior – começando com o processo de credenciamento e recredenciamento como Universidade (Resolução nº 3 CES CNE).  Uma definição consta das Diretrizes para elaboração do PDI:

O Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI, elaborado para um período de 5 (cinco) anos, é o documento que identifica a Instituição de Ensino Superior (IES), no que diz respeito à sua filosofia de trabalho, à missão a que se propõe, às diretrizes pedagógicas que orientam suas ações, à sua estrutura organizacional e às atividades acadêmicas que desenvolve e/ou que pretende desenvolver.

Isso significa que o que se deseja alcançar em termos de forma de conduzir o trabalho, de estrutura para as atividades cotidianas, de objetivos a serem perseguidos, tudo isso precisa estar descrito em forma de planejamento estratégico.

Outro aspecto importante das diretrizes é a transparência que deve existir na formação e na apresentação do PDI:

 

A elaboração do PDI deverá explicitar o modo pelo qual o documento foi construído e a interferência que exercerá sobre a dinâmica da Instituição, tendo como pressuposto o atendimento ao conjunto de normas vigentes.
[…]

É imprescindível, na elaboração do PDI, considerar como princípios, a clareza e a objetividade do texto, bem como a coerência, de forma a expressar a adequação entre todos os seus elementos, e a factibilidade, de forma a demonstrar a viabilidade do seu cumprimento integral.

O fato de existir um planejamento estratégico não deve ser entendido como liberação para a Universidade realizar autonomamente a expansão planejada. As atividades e investimentos previstos no PDI devem ser propostas dentro do cronograma apresentado e seguindo os trâmites próprios de cada tipo de demanda.

Cada instituição deve realizar seu planejamento de forma coletiva e criativa, mas com fundamento na realidade existente e nos aspectos dessa realidade que se deseja modificar. Como uma forma de organizar e canalizar a participação de todos na definição do que precisa ser mudado, as diretrizes de elaboração indicam os eixos temáticos essenciais:

  • PERFIL INSTITUCIONAL;
  • PROJETO PEDAGÓGICO INSTITUCIONAL;
  • IMPLEMENTAÇÃO DA INSTITUIÇÃO E ORGANIZAÇÃO ACADÊMICA;
  • CORPO DOCENTE;
  • CORPO TÉCNICO ADMNISTRATIVO;
  • CORPO DISCENTE;
  • ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA;
  • AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL;
  • INFRAESTRUTURA FÍSICA E INSTALAÇÕES ACADÊMICAS;
  • ATENDIMENTO ÀS PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS OU COM MOBILIDADE REDUZIDA;
  • DEMONSTRATIVO DE CAPACIDADE E SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA;
  • ANEXOS.

A descrição de cada subitem relacionado aos eixos temáticos consta do documento com as Diretrizes para elaboração do PDI.

Neste site, você vai acompanhar e participar do processo de elaboração do PDI 2014 -2018,  conferir as datas das etapas de discussão virtual  – o acesso as enquetes será disponibilizado no menu Módulo Virtual, e no moodle com um link neste site – e os encontros presenciais nos dez campi e reitoria, a documentação relacionada. Os canais para se comunicar com a equipe responsável pela condução dos trabalhos estão listados na página Contatos.

Participe dessa construção!