Grupo de Leitura de Literatura das Américas

O Grupo de Leitura de Literatura das Américas tem por objetivo, através da leitura de obras literárias representativas do Continente Americano, constituir um panorama da identidade cultural sobre a origem dos povos americanos, bem como a sua representatividade no cenário literário, seja no contexto acadêmico ou não. A ideia surgiu após a elaboração da sexta edição da Revista Informe, edição especial sobre o escritor Eduardo Galeano. Com a leitura das obras de Galeano, sobretudo Memória do Fogo e As Veias abertas da América Latina, apendemos que há muito em comum entre os povos latino-americanos, como seu processo de construção territorial e cultural. Para o autor, há uma necessidade de buscar essa identidade comum no território americano.

Desse modo, a partir das leituras, buscamos compreender e disseminar a cultura e a identidade dos povos americanos. Dessa forma, objetivamos interagir com as obras, autores e demais produções para que, a partir das discussões sobre os textos, seja fomentado o pensamento crítico e valorativo de cada indivíduo. Sendo assim, o GLLA propõe-se a interagir com todos os públicos, acadêmicos de todas as áreas, técnicos, terceirizados, bem como membros da comunidade em geral. Os encontros são quinzenais, e ocorrem nas sextas-feiras, também será fornecido atestado de horas culturais.

Petianas envolvidas: Francielle Hambrecht e Taís Nogueira.

banner leituras literatura americana
Banner do projeto para as atividades em 2016

Informações sobre o cronograma de leituras e agenda dos encontros podem ser acessados na página do grupo no link abaixo:

https://www.facebook.com/groups/455495311296239/