Arquivo da categoria: Técnicas e outras

PIBID Subprojeto Educação Física leva o Novembro negro às escolas de Uruguaiana

O PIBID Educação Física esteve presente nas escolas em que está inserido durante o mês de novembro com o intuito de realizar as atividades relativas ao “Novembro Negro”. As atividades ocorreram entre os dias 06 e 14 de novembro sempre nos turnos da manhã e tarde, nas escolas ELVIRA CERATI (CAIC), EMEF CABO LUIS QUEVEDO E INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA. Os alunos tiverem a oportunidade de participar de oficinas de Capoeira, Jogos e Brincadeiras Africanas e Indígenas, Dança Afro e Ritmos, Confecção de Mascaras Africanas, Literatura Infantil, Documentários, Sessões de vídeos, Palestras e Interlocuções sobre as Ações Afirmativas.

Mais do que levar as atividades relacionadas a cultura africana e indígena que através da Lei Federal 10.639/03 deveriam ser trabalhadas durante o ano letivo nas escolas, as oficinas serviram como um aprendizado tanto para os professores das escolas quanto para os alunos do subgrupo educação física, cumprindo assim um dos objetivos do programa.

Destacamos ainda que durante o período em que esteve nas escolas o subgrupo foi bem recebido e as atividades propostas bem aceitas pelos alunos/crianças, comprovando mais uma vez que o tema racismo/preconceito que é algo tão presente hoje em nossa sociedade pode e deve ser sim trabalhado na escola.

Subprojeto Educação Física no Intrapibid

O subprojeto Educação Física, participou no dia 21 e 22 de setembro na cidade de Bagé, do Fórum das Licenciaturas e do Seminário Institucional do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência – PIBID UNIPAMPA. O evento contou com a presença dos coordenadores de curso e um representante do Núcleo Docente Estruturante (NDE) de cada Curso de Licenciatura da UNIPAMPA, dos coordenadores (área, gestão e institucional) do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID/UNIPAMPA).

Como pautas de destaque no evento, citamos a reflexão dos bolsistas do PIBID  sobre os impactos na formação docente e apontamentos práticos para o futuro do programa. Os bolsistas participaram de atividades e seminários onde não só ouviram relatos e sugestões, mas também mostraram sua visão de iniciação à docência e partilharam seus conhecimentos e perspectivas do presente e futuro do PIBID.

LEGADO DO PIBID NO ANIVERSÁRIO DO JONFA

Responsabilidade social é um dos valores que os estudantes adquirem na suas experiências dentro das unidades de ensino. Foi possível incentivar discussões e presenciar essas práticas educativas no decorrer nas atividades da gincana comemorativa do aniversário da escola Dr. João Fagundes, onde as equipes coletaram assinaturas da comunidade solicitando uma atitude das instituições responsáveis para construção da quadra esportiva da escola, que foi demolida há meses com o objetivo de ser renovada e até este momento nada tinha sido iniciado na obra.

Mesmo após o término da tarefa, foi possível perceber a mobilização dos professores de Educação Física da escola e os bolsistas do programa, com um objetivo de conseguir maior número possível de assinaturas. A iniciativa foi organizada pela comunidade escolar, percebendo as dificuldades que a escola enfrenta. Esta foi mais uma oportunidade de aprender com a escola que abriga este Programa desde 2014.

Reconhecimento de uma comunidade esquecida

No dia 14 de Junho de 2017, o subgrupo PIBID – EDUCAÇÃO FÍSICA desenvolveu sua reunião semanal nas dependências da escola Escola Estadual Embaixador João Batista Luzardo – CIEP. A instituição está localizada em um bairro de grande vulnerabilidade social no município de Uruguaiana. Organizou-se uma roda de conversa a partir de um apelo da Diretora e Orientadora pedagógica da escola, onde as mesmas solicitaram auxílio para construir ações para tentar amenizar as diversas ocorrências de violência nas dependências da escola, assim como auxiliar na diminuição do uso de drogas. Por trás de todas as vivências relatadas pelas professoras, percebe-se que as causas dos problemas abrange diferentes fatores, dentre os relatados estão os econômicos, sociais e culturais do ambiente em que estão inseridos.

Após 2 horas de aprendizado com as experiências relatadas pelas duas professoras, o grupo dialogou e percebeu que para organizar qualquer intervenção é necessário conhecer os professores, funcionários e estudantes, para tentar compreender melhor como elaborar com este grupo uma estratégia de trabalho. Assim, após esta roda de conversa, o grupo colocou-se à disposição da escola para uma nova visita para acompanhar as rotinas escolares e conhecer um pouco mais desta comunidade para voltar a dialogar sobre possibilidades de projetos de trabalho.

É importante salientar que a escola não faz parte do PIBID e que entrou em contato com a coordenadora de área do subprojeto para buscar auxílio pedagógico. O que aconteceu foi que o grupo teve uma excelente oportunidade de refletir sobre as diferentes realidades escolares dentro do município, sendo este um momento rico de aprendizagem com as colegas do CIEP.

O grupo se sensibilizou com o que foi ouvido e vivenciado e aguarda agenda da escola para iniciar o acompanhamento das rotinas escolares.