Arquivo da categoria: Artístico/Cultural

Pibid de Espanhol no SIEPE

Vários estudos  vem sendo elaborados na perspectiva do ensino através da música, e porque não no ensino de língua? Essa é a proposta de oficina a ser desenvolvida no dia 21 de novembro no SIEPE. Diogo Meireles e os demais bolsistas  do PIBID de espanhol irão apresentar neste dia uma oficina que além de falar sobre o ensino através da música, trarão a história do Reggaetón, ritmo que vem ganhando espaço nas rádios e no mundo, e ao final o público será convidado a bailar no estilo Reggaetón.

Los niños y los cuentos

Existe um momento na vida das crianças em que elas gostam de brincar com a fantasia, ir até onde a imaginação permite, e ouvir as próprias historias.  Para soltar a imaginação dos pequenos, os bolsistas Maristela, Vitor e Vaniza trabalharam os contos infantis, levaram algumas histórias, entre elas a ” Los tres cerditos” que prendeu a atenção dos pequenos, após o conto foi a hora dos niños soltarem a criatividade e desenhar e contar suas próprias historinhas

.

Cultura, Espanhol e Escola: Uma Viagem Pela América Latina

Cultura está sempre atrelada á língua, não cair em estereótipos se faz extremamente necessário ao darmos uma aula, principalmente em uma sala onde se ensina o espanhol que temos falantes desta língua espalhados pelo mundo inteiro. Nesse sentido o projeto das professoras Júlia Portinho e Larissa Assis busca apresentar os países que utilizam o espanhol como língua oficial, trabalhando com aspectos culturais de cada um deles.

15175419_1237441896317810_310510160_n-1

15209075_1237441916317808_546144511_n

15218681_1237441892984477_9594346_n

15226476_1237442002984466_1513188003_n

15228047_1237441899651143_801607504_n

Oficina y leyenda de los atrapasueños

A oficina foi executada com o objetivo de proporcionar aos alunos do sexto ano um contato com a língua espanhola que fosse dotado de sentidos e fazeres. Trabalhamos então com a lenda indígena do filtro dos sonhos, artefato corriqueiro entre jovens hoje em dia, e que teve seu uso tribal e ancestral esquecido. Uma vez trabalhada a lenda através de texto escrito e leitura dialogada, partimos para a parte prática onde com cipós, fios, penas e contas cada estudante pode confeccionar seu próprio filtro dos sonhos. A oficina teve como objetivo vivenciar saberes e práticas através da língua adicional que estamos estudando e romper com alguns preconceitos como o de achar que aprender língua é apenas decorar regras gramaticais fora de contexto.

jnlojn jolj kjnplc