Notícias

Noite de Observação Astronômica integrando comunidade e universidade

No dia 4 de Maio de 2017, ocorreu na Unipampa-Campus Caçapava do Sul, a Noite de Observação Astronômica, o evento foi aberto para toda a comunidade de Caçapava do Sul, o céu foi observado através de dois telescópios. Também foi possível a comunidade fazer a observação de um Meteorito que estava nas dependências da universidade, o Meteorito de aproximadamente 27 quilos, pode ser manuseado por todos que estavam no local. Um aspecto importante que pode ser evidenciado é a relevância da atividade aberta a comunidade, pois assim houve um integração entre a comunidade  e a universidade.

MOBFOG na Escola Estadual de Ensino Médio Antônio José Lopes Jardim

No dia 15 de maio de 2017, na Escola Estadual Antônio José Lopes Jardim, localizada no Durasnal foi realizada a Mostra Brasileira de Foguetes- MOBFOG, aberto para a participação de toda a comunidade escolar. A atividade foi coordenada pelo professor supervisor Fernando Oliveira Machado e pelos bolsistas: Aline Brasil, Leonardo Santos Souza e Tamiris Dias da Rosa. A distancia do maior lançamento foi em torno de 90 metros.

Bolsistas PIBID Física realizam MOBFOG  com alunos do Instituto Estadual de Educação Dinarte Ribeiro em Caçapava do Sul

No 15 de maio de 2017 o Instituto Estadual de Educação Dinarte Ribeiro participou da Mostra Brasileira de Foguetes MOBFOG, onde foi realizada no Forte Dom Pedro II, por ser um local com espaço físico adequado ao evento, que contou com os alunos do primeiro ano do ensino médio para o lançamento dos foguetes confeccionados por eles.

Estes foguetes eram de garrafa PET, havendo dois tipos: Um de ar comprimido, o qual alcançou 85 metros e o de combustão, com vinagre e bicabornato de sódio, com alcance de 60 metros.

A construção dos foguetes possibilitou aos alunos a experiência de realizar uma atividade experimental fora da sala de aula, fugindo do parâmetro convencional o que instigou a curiosidade dos alunos, ajudando na sua autonomia quanto à pesquisa e seu envolvimento com as atividades, já que foi dado como desafio a construção do foguete.

Nós bolsistas recebemos o desafio de ser mediador das atividades, o que nos fez perceber que os alunos são capazes de buscar formas de aprender, quando o professor faz do espaço da sala de aula um local para experimentação, criação e pesquisa.

Bolsistas PIBID Física realizam a Mostra Brasileira de Foguetes – MOBFOG  com alunos da Escola Estadual de Ensino Médio Nossa Senhora da Assunção – Caçapava do Sul

No dia 04 de maio de 2017 os alunos do Ensino Médio da Escola Nossa Senhora da Assunção participaram da MOBFOG – Mostra Brasileira de Foguetes. O evento organizado pelo PIBID Física ocorreu no Forte Dom Pedro II e contou com a presença de alunos do 9º ano do Ensino Fundamental do Instituto Estadual de Educação Dinarte Ribeiro.

Lançamento de foguetes marca dia de integração entre os subprojetos do PIBID – Caçapava do Sul

No dia 20/04/2017 ocorreu a integração entre os subprojetos de Matemática, Química e Física do campus de Caçapava do Sul. Neste dia, sob coordenação dos bolsistas do subprojeto Física, foram confeccionados foguetes caseiros (com materiais recicláveis) e lançados no pátio da Universidade. Para potencializar a interação entre os integrantes dos subprojetos e deixar a atividade mais divertida, organizou-se uma competição entre as equipes formadas pelos licenciandos, e aquela que conseguisse lançar o foguete mais longe venceria a competição. A equipe vencedora foi a Astronautas, atingindo 67 m.

 

Inauguração de sala de trabalho para o PIBID no Instituto Dinarte Ribeiro – Caçapava do Sul

No dia 03 de março, com muita alegria e satisfação inauguramos nossa sala do PIBID, no Instituto Dinarte Ribeiro. A sala ficará disponível em tempo integral para os bolsistas do PIBID da Unipampa, contanto com uma infraestrutura adequada e equipada com computadores, internet, impressoras e uma pequena biblioteca para eventuais pesquisas e formulações de textos.

A disponibilidade de um ambiente somente para reuniões mostra a integração entre a equipe diretiva com o projeto PIBID na escola. Esperamos que este novo ambiente seja mais um ponto positivo na construção e na melhoria do rendimento dos projetos, tornando ainda mais construtivas as ações deste subprojeto nesta escola.

foto-1-pibid

foto-2-pibid

PIBID-Física/Caçapava do Sul aplica Propostas Investigativas

 

Uma Proposta Investigativa sobre óptica foi elaborada por um dos grupos do PIBID-Física e aplicada no Instituto Dinarte Ribeiro, em uma turma do 2  Ano do Ensino Médio.

A implementação ocorreu no mês de maio, em quatro encontros de duas horas aula cada, numa turma com 24 alunos. A proposta surgiu após a leitura de trabalhos publicados nas atas dos Simpósios Nacionais de Ensino de Física durante os meses de janeiro e fevereiro, e posterior discussão destes trabalhos no grupo do PIBID. A partir das discussões, sentiu-se a necessidade de promover aulas diferenciadas no ambiente escolar. Assim, buscou-se, em nossa proposta, a elaboração de atividades que fugissem das aulas puramente teóricas, e propomos uma abordagem investigativa com situações-problemas para o ensino de óptica, de forma a inserir conceitos que ultrapassem o caráter memorístico e livresco, e levassem os alunos a serem protagonistas no seu processo de ensino-aprendizagem.

O trabalho desenvolvido pelas Pibidianas teve um grande nível de aceitação por parte da turma no qual no decorrer da aplicação da proposta os alunos elaboraram quatro possíveis projetos para apresentar na VI Feira de Ciências da Unipampa, campus Caçapava do Sul.

foto-3-pibid

Construção do Conhecimento Ciêntifico através do Processo Investigativo

Bolsistas do PIBID Física- Caçapava do Sul implementou, durante o mês de junho, no Instituto Estadual de Educação Dinarte Ribeiro, na turma 104, um experimento investigativo.

O experimento foi elaborado para ser colocado em prática no PIBID, juntamente com o Estágio de Estudos Orientados (GEO), prevendo uma proposta articulada com um tema mais amplo: o estudo do forno micro ondas e fogão a gás. Sabemos que Energia não tem um conceito definitivo, mas podemos analisar as formas como ela se comporta e se transforma de forma pratica e experimental.

Para abordar o conceito de energia e suas transformações, dividimos o experimento em três etapas: a primeira foi a construção de um fogareiro com lata de refrigerante, questões como formato e outras dúvidas foram abordados durante a construção coletiva. A segunda parte foi perfurar a lata de refrigerante com um pequeno orifício e encher de água para que fosse esquentado pelo fogareiro. A terceira e última parte começou com uma pesquisa em sala de informática, utilizando uma torre com uma hélice que girava com a pressão da água que sairia da lata da segunda parte.

 foto-4        foto-5

Física para pessoas com necessidades especiais

 Contribuir para que pessoas com necessidades especiais tenham acesso a informações, e compreender o mundo que as cerca, é um dos principais desafios de um educador. Sabendo que nossa educação ainda deixa bastante a desejar neste quesito, um dos grupos do PIBID- Física Caçapava do Sul elaborou e aplicou uma proposta de atividade inclusiva, numa turma de magistério, da rede estadual de ensino da cidade de Caçapava do Sul/RS.

A atividade consistia em criar, para turmas do 1º ao 5º do ensino fundamental, um experimento ou uma maquete que pudesse proporcionar aos alunos portadores de necessidades especiais, a oportunidade de sentirem-se inseridos em sala de aula. A atividade teria que conseguir proporcionar um bom envolvimento com o conteúdo de física, utilizando o tato, por exemplo. Baseando-se num projeto desenvolvido pelo professor Eder Camargo, apresentado no programa “Encontro com Fátima Bernardes”, da Rede Globo de televisão, a turma resolveu se dividir em grupos, para a elaboração dos projetos.

Para que a turma pudesse entender a realidade do desafio proposto, eles foram conhecer a turma do Atendimento Educacional Especializado (AEE), da escola, permitindo um entendimento sobre o assunto. O momento permitiu com que os alunos do magistério pudessem descobrir quais os brinquedos, instrumentos, atividades que faziam parte do cotidiano dos alunos do AEE.

A atividade rendeu bons frutos, haja vista que turma estava entusiasmada com a ideia, desenvolveu até um projeto para ser apresentado na Feira de Ciências, organizada pela Universidade Federal do Pampa.

 

Estudantes da Educação Básica são motivados pelo PIBID Física a participarem da VI Feira de Ciências promovida pela Unipampa – Caçapava do Sul

Alunos do Instituto Estadual de Educação Dinarte Ribeiro, participaram da VI Feira de Ciências promovida pelo projeto de extensão Difundindo Ciência e Tecnologia da Região da Campanha, da Unipampa, em agosto de 2016.

A Feira de Ciências ocorreu no último dia 26 de agosto, no turno integral, e contou com 79 trabalhos aceitos, sendo dois destes projetos desenvolvidos a partir de uma Proposta Investigativa implementada por três bolsistas do PIBID – Física, em uma turma do 2º ano do Ensino Médio da escola Dinarte Ribeiro.

Os trabalhos apresentados foram: Mitos e Verdades sobre a Visão Animal composto por um grupo de quatro alunos que buscou esclarecer dúvidas sobre a visão de quatro animais (abelha, cachorro, gato e cavalo), o segundo trabalho foi o Disco de Newton elaborado por um grupo de cinco alunos, no qual se mostrou a composição da luz por meio de seu contexto histórico enfatizando a descoberta de Newton e sua relevância.

Atividades orientadas como esta fazem parte do escopo do subprojeto PIBID-Física do campus Caçapava que, além das ações voltadas ao desenvolvimento de Atividades Investigativas e uso da perspectiva CTS, visa formação de profissionais autônomos e autores de seus próprios materiais didáticos.

Bolsista do PIBID- Unipampa – Caçapava do Sul participa do XIV Encontro sobre Investigação na Escola

Uma bolsista participou do XIV Encontro sobre Investigação na Escola:“Educar para a Democracia e a Justiça Social”, nos dias 27 e 28 de Agosto, na Unipampa Campus Uruguaiana. O evento tem como “objetivo possibilitar espaços-tempos de problematizações e produções sobre temáticas relacionadas ao campo da educação e à formação de professores(as), articulando a escola básica e a educação superior”.

No evento, a bolsista apresentou o trabalho intitulado “ATIVIDADES INVESTIGATIVAS NO PIBID: CONTRIBUIÇÕES PARA A FORMAÇÃO INICIAL”, em que três bolsistas relatam sobre a contribuição das atividades realizadas no âmbito do PIBID para a sua formação, como futuras docentes.