Letras – Jaguarão

SubProjeto:

  • Letras – Jaguarão

Coordenador(es):

  • Cristina Pureza Duarte Boéssio
  • Luís Fernando da Rosa Marozo

contato:

Supervisor(es):

  • Cátia Ricordi (Português)
  • Cíntia Croucillo (Português)
  • Maria Tereza Lopez (Português)

 

Escolas Participantes:

  • Escola Municipal de Ensino Fundamental Padre Pagliani;
  • Escola Municipal de Ensino Fundamental Ceni Soares Dias;
  • Escola Municipal de Ensino Fundamental Marcílio Dias;
  • Escola Municipal de Ensino Fundamental Fernando Ribas;
  • Escola Estadual de Ensino Médio Hermes Pintos Affonso.

O Subprojeto Letras 2014 da Unipampa Jaguarão é coordenado pelos Professores Doutores Cristina Pureza Duarte Boéssio e Luís Fernando da Rosa Marozo. O subprojeto está dividido em dois grupos: um com ênfase na língua portuguesa e o outro com ênfase na língua espanhola.

O Subprojeto Letras – Língua Materna (Português) tem como objetivo desenvolver estratégias de leituras para diferentes gêneros textuais, na formação de leitores na educação básica. Atuamos nas seguintes escolas: Escola Estadual de E. F. Joaquim Caetano da Silva; Escola Municipal de E. F. Marechal Castelo Branco; Escola Municipal Padre Pagliani. Participamos de oficinas e grupos de estudos, a fim de construirmos nosso aporte teórico. Nossas pesquisas já estão delimitadas, tendo sido aceitos em eventos da região. Semanalmente, os bolsistas discutem textos/livros para criarem uma concepção sobre leitura e gêneros para poderem atuar nas escolas.

O subprojeto Letras – Espanhol objetiva, primeiramente, oportunizar uma formação inicial contextualizada, na qual o exercício da docência faça parte da vivência dos estudantes do Curso de Letras, buscando, assim, qualificar suas práticas pedagógicas. A interlocução escola/universidade é de fundamental importância para refletir sobre o ensino, desde a escola básica até a educação superior e para depois dela. A participação do discente universitário em propostas como essa contribui para sua formação, pois é na retroalimentação escola/universidade que se qualificam as práticas educativas, oportunizando, também, a formação continuada do docente que já atua na rede básica de ensino. Na área da linguagem, a educação linguística deve abarcar as quatro habilidades (compreensão e produção escrita e compreensão e produção oral) tanto no que se refere à língua materna do estudante (Português) como na língua estrangeira (Espanhol) – cabe ressaltar a importância do ensino de Língua Espanhola em uma região como a nossa, fronteira Brasil/Uruguai.