Pibidiando por aí …

VII SIEPE Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão

Os bolsistas do PIBID Língua Materna participaram do VII SIEPE, no período de 24 à 26 de novembro de 2015, na Universidade Federal do Pampa, campus Alegrete. No evento, foram apresentados os resultados das atividades realizadas pelo projeto nas escolas, no primeiro semestre de 2015.

 

todos todos 2

 

 

III Semana Acadêmica do Curso de Letras

Na semana de 29 de setembro a 01 de outubro de 2015, os pibidianos participaram da III Semana Acadêmica do Curso de Letras, na Universidade Federal do pampa, campus Jaguarão, socializando, com os demais colegas de curso,  as atividades realizadas nas escolas, pelo subprojeto Língua Materna, no primeiro semestre letivo do ano.

Participação dos bolsistas ID no Curso de Extensão “Gênero e Diversidade na Escola” (Veja as fotos

Alguns bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), do curso de Licenciatura em Letras da Universidade Federal do Pampa-campus Jaguarão participaram, no dia 28 de agosto, do primeiro dia de atividades do curso de extensão Gênero e Diversidade na Escola, organizado pelo grupo de pesquisa Sexualidade e Escola (GESE) da Universidade Federal de Rio Grande (FURG), realizado na Biblioteca Municipal da cidade de Jaguarão. O curso objetiva promover discussões com estudantes universitários e profissionais da educação básica da rede pública da região sul do Rio Grande do Sul acerca da promoção, respeito e valorização da diversidade étnico-racial, de orientação sexual e identidade de gênero, colaborando para o enfrentamento da violência sexista, étnico-racial e homofóbica no âmbito das escolas.

II Jornada de Poesia (Veja as fotos)

As bolsistas Ana Caren Machado e Virgínia Lucena Caetano, acompanhadas pelo coordenador Luis Fernando Marozo, participaram da II Jornada Poética: Imaginação, Libertação e Transcendência. O evento ocorreu nos dias 4 e 5 de setembro no campus Bagé da Universidade Federal do Pampa e tinha como intuito ampliar os conhecimentos acerca do gênero poesia, discutindo modos de olhar para esse gênero e formas de trabalhar com o texto poético na escola. O evento contou com oficinas, apresentação de trabalhos e mesas redondas abordando o tema sob diferentes perspectivas. Uma das mesas do evento contou com a participação do coordenador do PIBID − subprojeto Língua Materna − Luis Marozo que fez uma explanação sob o título de “Manoel de Barros: uma poética do (de)vagar”.

 Feira do Livro de Porto Alegre e  Exposição “Moacyr Scliar, o Centauro do Bom Fim” (Veja as fotos)

No dia 15/11 o coordenador do subprojeto Letras Língua Materna, Luis Fernando Marozo, juntamente com a Profª. Geice Peres, levou alguns bolsistas I.D. e demais acadêmicos do curso de Letras para desfrutar de uma tarde na Feira do Livro de Porto Alegre. Aproveitando a ocasião todos visitaram a exposição “Moacyr Scliar, o Centauro do Bom Fim”.

 Roda de Conversa “Observatório sobre a realidade das escolas de Jaguarão”

No dia 27 de maio de 2016, na Universidade Federal do Pampa, campus Jaguarão, alguns alunos do grupo Pibid Língua Materna, participaram da roda de conversa intitulada “Observatório sobre a realidade das escolas de Jaguarão”. A atividade, proposta pelo Bloco de Lutas pela Educação Pública, teve início com a leitura do texto “Vagabundo que faz greve deveria ser demitido” de Leonoardo Sakamoto, que discute como é recebida socialmente e retratada pela mídia a greve dos professores. Após a leitura e discussão do texto, os pibidianos puderam expor um pouco da realidade que encontram nas escolas onde atuam, relatando atividades, observações e obstáculos enfrentados nos espaços escolares. Também participaram da atividade, pibidianos do curso de pedagogia, estagiários e demais alunos dos cursos de licenciatura ofertados no campus.

13509612_999336336801087_401287320_o 13517815_999335226801198_1594188898_o 13524107_999335180134536_24048081_o

Visita do Bloco de Lutas pela Educação Pública à Escola Hermes Pinto Afonso

No dia 20 de maio de 2016, os alunos dos cursos de história e pedagogia que compõem o Bloco de Lutas pela Educação Pública foram convidados, pelas pibidianas Daiane e Jéssica, a participar da aula com os alunos do 7º ano A, da escola Hermes Pinto Afonso. A aula teve como foco a construção da ideia de democracia, o movimento de ocupação das universidades, escolas e paralisação estudantil. Organizados em forma de roda de conversa foi trabalhado o conceito de democracia representativa, presente na constituição federal do Brasil e no dicionário da língua portuguesa. Após a apresentação do conceito, foram discutidos e expostos exemplos de democracia relativos ao cotidiano deles. Feito isso, também foi apresentado, pelo acadêmico Yuri, discente do curso de pedagogia, os direitos correspondentes à educação pública de qualidade presentes na constituição. Foram feitas leituras em voz alta com ampla participação dos alunos e interação crítica. O discente Arc do curso de história explanou a todos a atual conjuntura de crise política que assola o país.

Em uma aula posterior os alunos produziram textos alimentados pelas discussões propostas pelo bloco de lutas e por outras leituras feitas ao longo das aulas, irei reproduzir alguns trechos:

“ A educação é indispensável para que o homem se torne um cidadão de bem. Podemos participar sendo bons alunos, indo para a escola e cumprindo com os nossos deveres”.

“O modelo de representante que eu apontei não pode resolver os problemas que o país enfrenta pois ser responsável não resolve a corrupção, ser amigo também não resolve verbas escolares”.

 

 Visita do Bloco de Lutas pela Educação Pública à Escola Padre Pagliani

No dia 01 de junho de 2016, os bolsistas Pibidianos da turma 9º ano, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Padre Pagliani,  realizaram, em sua turma e para as demais turmas da comunidade escolar, uma roda de conversa com alguns discentes  membros do Bloco de Lutas pela Educação Pública, da Universidade Federal do Pampa.

O Bloco de Lutas pela Educação Pública, da Universidade Federal do Pampa, é a união de alunos discentes da UNIPAMPA (Universidade Federal do Pampa), que decidiram ocupar o campus local, desde, a data 11 de maio de 2016, pelos principais motivo a demissão de terceirizados, motivados pelo corte d governo federal que de alguma forma inviabilizou a manutenção de alguns serviços nesta instituição Federal.

Esta roda de conversas teve com intuito esclarecer dúvidas referentes à ocupação que está ocorrendo na UNIPAMPA e quais suas implicações a toda comunidade.  Também foi relatado, que a conjuntura nacional da educação esta, cada vez mais, sendo inviabilizada. Nesse intuito alguns alunos se uniram para lutar por uma educação de qualidade e a manutenção da universidade.  Também cabe ressaltar, que os bolsistas do PIBID, apoiam esse movimento que luta por uma educação de qualidade, e não somente pela quantidade. Por fim, eles receberam apoio da comunidade presente na  roda de conversa.

13441558_634358220074428_531599723_o 13441956_634358000074450_624528483_o 13442058_634358560074394_1604959679_o 13467431_634357993407784_516435887_o